Funcionando como a identidade de um dispositivo, seja ele um computador ou um smartphone, o IP apresenta um identificador numérico exclusivo. Nesse sentido, é importante lembrar que existem o IP externo e o IP interno.

Aliás, você sabe qual é a diferença entre eles? Primeiramente, vale destacar que essa sigla IP significa Internet Protocol, ou seja, protocolo de internet.

Desse modo, cada dispositivo que se conecta a uma rede apresenta um código numérico, esse é o IP.

Isso significa que se você tiver cinco diferentes máquinas conectadas a uma rede, todas elas terão um código numérico diferente.

No entanto, existem IP’s diferentes quando se trata da Internet e quando está relacionado à rede interna e é sobre isso que trataremos neste post.

Para entender melhor o que é o IP local e o IP externo, é necessário saber como encontrá-los por meio de procedimentos simples.

Portanto, vamos mostrar um passo a passo para ajudar você a identificar esses protocolos no seu dispositivo. Acompanhe para saber mais!

Como descobrir o IP externo?

O IP externo é o protocolo de Internet que serve para você se conectar à rede mundial, ou seja, é o IP que o provedor de Internet forneceu para a sua residência ou escritório.

Portanto, ele é ligado ao modem, sendo visto pela Internet como o seu endereço na rede externa.

É importante lembrar que o IP externo é único, porém dinâmico. Isso significa que, a cada nova conexão, o endereço pode ser alterado  alterado.

Essa configuração como IP dinâmico acontece em dispositivos que usam o protocolo DHCP (configuração dinâmica de host), pois a rede deve negociar o uso de um IP, o que acontece por meio desse protocolo.

No entanto, lembre-se que a negociação do protocolo DHCP com o objetivo de conseguir um novo endereço a cada conexão pode resultar numa conexão mais lenta, o que influencia na velocidade de upload e download.

Se você deseja descobrir o IP externo do seu dispositivo, não é necessário baixar nenhum tipo de programa específico. Alguns sites fornecem essa informação rapidamente e gratuitamente.

Uma das opções é o MeuIP. Nele, você deve acessar o site e o número do seu IP externo aparece logo em seguida, sem que seja preciso realizar outras ações. Essa é a opção mais simples e rápida.

Outra alternativa é o What Is My IP Address. Com ele, é possível inclusive ver um mapa com o seu endereço, mas nem sempre o local é preciso. Em alguns casos, pode ser que a cidade ou o código postal esteja incorreto, por exemplo.

De qualquer forma, lembre-se que, de acordo com o seu plano e a sua operadora, o seu endereço de IP vai mudar de tempos em tempos por ser dinâmico.

Portanto, caso seja necessário, você deve realizar essa pesquisa de forma frequente. Por meio dos sites que citamos.

Como descobrir o IP interno?

O IP interno serve para identificar um dispositivo, como computador, celular ou tablet, numa rede interna, ou seja, a Intranet. Esse endereço pode ser configurado como fixo ou gerenciado pelo roteador.

Vale lembrar que o IP fixo é estático por natureza, portanto, só pode ser mudado pelo administrador da rede.

Por isso, ele é o mais indicado para quem deve saber exatamente qual é o seu endereço na rede, ou seja, é constantemente utilizado pelas empresas.

De qualquer forma, é importante destacar que o IP só terá o mesmo endereço se ele estiver conectado à rede com o IP fixo. Portanto, se você transportar o dispositivo, ele receberá um novo endereço de IP.

Já se o IP interno for gerenciado pelo roteador, isso evitará possíveis conflitos, como vários dispositivos utilizando o mesmo IP.

Ao contrário de encontrar o IP externo, que é um processo bem simplificado por necessitar apenas do acesso a um site específico, o interno já demanda um pouco mais de etapas.

Nesse sentido, existem duas opções para encontrá-lo, que é por meio do prompt de comando e pela interface gráfica.

No caso do prompt de comando, siga os passos a seguir:

  1. Se você estiver utilizando o Windows 8, clique com o botão direito do mouse no canto inferior esquerdo da tela para abrir o prompt de comando. Caso esteja utilizando outras versões do sistema operacional, digite “cmd” ou “prompt de comando” (sem aspas) na busca do menu iniciar. Ainda existe a opção de pressionar as teclas “windows + R” e digitar “cmd” (sem aspas);
  2. Quando a janela do “prompt de comando” abrir, escreva “ipconfig” (sem aspas) e clique Enter;
  3. Procure pelo “Endereço IPv4” e, ao lado dele, verá o número do seu IP interno.

Você ainda pode descobrir o endereço pela página das configurações da rede da máquina. Para isso, siga os passos a seguir:

  1. No canto inferior direito, clique com o botão direito do mouse no ícone rede e selecione “Abrir a Central de Rede e Compartilhamento”. Outra opção é pesquisá-lo no “Painel de Controle” ou, ainda, digitar “Central de Rede e Compartilhamento” na busca e, em seguida, clique em “Rede e Internet” e, logo após, “Conexões de Rede”;
  2. Depois, selecione com o botão direito o adaptador em uso, que geralmente é Ethernet, e clique em “status”;
  3. Por último, clique em “detalhes”, abrindo uma lista com as informações sobre a conexão.

Se você usar o Mac, ainda é possível descobrir o IP interno com passos semelhantes. Confira-os a seguir:

  1. No menu da maçã, selecione “Preferências do Sistema”;
  2. Quando as configurações aparecerem, clique em “Rede”;
  3. Na parte esquerda da tela, escolha a conexão que o seu computador está usando e, ao lado direito, você vai ver o endereço de IP estará informado.

Essas são as formas de descobrir o IP externo e interno do seu computador. Caso queira fazer isso no smartphone, é necessário baixar um aplicativo específico.

Nesse caso, recomendamos o Fing, que está disponível gratuitamente tanto para Android quanto para iOS.

O app realiza um escaneamento completo e, ao final da análise, mostra um relatório dos dados da sua rede.

Desse modo, existem diferentes maneiras de descobrir qual IP está sendo utilizado, de acordo com a rede interna e externa que você usa.

Além de saber mais sobre o IP externo e IP interno, recomendamos que você saiba como funciona o TCP IP. Para isso, confira o nosso artigo sobre o assunto!