Quando um provedor de serviços de Internet é contratado, geralmente torna-se necessário escolher entre um IP fixo e IP dinâmico.

No entanto, se você não conhece as diferenças entre esses dois, pode ser difícil tomar a decisão mais assertiva.

Por isso, neste artigo, vamos esclarecer as principais informações sobre cada uma dessas opções, para que assim seja possível identificar qual é a melhor para cada caso específico. Acompanhe!

O que é um endereço IP?

Para descobrir as vantagens e desvantagens do IP fixo e IP dinâmico, o primeiro passo é entender o que significa a sigla IP. Em inglês, é chamada de Internet Protocol, que, traduzindo para o português, seria o protocolo de Internet.

Então, ele é um identificador numérico exclusivo, funcionando como se fosse uma identidade do dispositivo – celular, computador, tablet.

Dessa forma, em cada dispositivo conectado a uma rede existe um código numérico, que é o IP.

É importante esclarecer que se você tiver uma rede com quatro aparelhos conectados, por exemplo, existirão quatro IPs diferentes.

Além disso, outro ponto importante é que existem IPs diferentes em relação à rede interna e à própria Internet.

Para esclarecer, pense no IP do seu equipamento da rede doméstica. Ele vai ter um número bem diferente do IP aos olhos da Internet, pois, nesse caso, o endereço dele é ligado ao seu roteador pela operadora.

Então, enquanto o primeiro é vinculado à rede interna, o segundo é ligado ao modem, cujo código é estipulado pela operadora, visto pela Internet como sendo o endereço da sua rede.

Afinal, a Internet é uma enorme rede de computadores, então existem numerações IPs para o seu modem, sites e servidores de grande porte. Já em redes locais (LAN), essa numeração é definida para computador comum.

Quais são as diferenças entre IP fixo e IP dinâmico?

Como o próprio nome já diz, o IP fixo é estático por natureza, então só pode ser mudado manualmente pelo administrador da rede ou pelo ISP (provedor de serviços de Internet).

Dessa forma, esse é o IP ideal para quem precisa ter certeza de qual é o endereço de sua rede na Internet. Por isso, essa modalidade é destinada às empresas.

Mas é importante destacar que o IP só será o mesmo caso o dispositivo esteja conectado à rede com o IP fixo. Então, caso você transporte o seu computador para outro local, ele terá um novo endereço de IP.

Já o IP dinâmico costuma ser configurado nos dispositivos que utilizam o protocolo DHCP (configuração dinâmica de host). Isso porque a rede precisa negociar o uso de um IP, que é possibilitado por esse protocolo.

O DHCP funciona em segundo plano, permitindo que o dispositivo tenha um novo endereço sempre que necessário. Então, a cada nova conexão com a rede, o IP muda.

Com isso, essa configuração de IP é amplamente utilizada em redes domésticas.

No entanto, é importante destacar que o uso dos VPNs em relação a um usuário doméstico pode ser mais difícil.

A Rede Privada Virtual, conhecida como VPN, ajuda a esconder o seu endereço de IP. Então, se ele fica mudando toda hora, o processo pode se tornar ineficiente.

201917Jun_Hosts.green_ctablog_v4

Além disso, a negociação do protocolo DHCP para obter um endereço novo a cada acesso pode deixar a conexão mais lenta, influenciando diretamente na velocidade de download e upload.

Nesse contexto, é importante destacar ainda que, caso você utilize o IP dinâmico em ambiente doméstico e queira mudar para o IP fixo, os custos podem ser bem altos.

Isso porque essa oferta costuma estar relacionada a taxas adicionais por parte da operadora. Mas ainda assim, são raros em casos em que é possível fazer essa mudança caso o uso da rede seja doméstico.

Quais são as vantagens e desvantagens do IP fixo e IP dinâmico?

A escolha do IP ideal depende muito do objetivo de cada um. Por exemplo, para quem utiliza a Internet em casa somente para jogar, enviar e armazenar dados e arquivos, acessar redes sociais e fazer download, o IP dinâmico é o mais recomendado.

Já para os casos em que é necessário instalar uma rede de alta performance, fornecendo serviços como acesso ao e-mail para todos os empregados, é necessário obter o IP fixo.

Porém ambas opções de IP apresentam vantagens e desvantagens entre si.

O IP fixo apresenta tempo reduzido de inatividade em relação ao IP dinâmico, facilita que serviços de geolocalização encontrem a sua localização precisa e tem a praticidade de o endereço IP nunca mudar, não importa quantas vezes o dispositivo seja reiniciado.

Enquanto isso, o IP dinâmico é mais econômico que o IP estático, além de não precisar de tanta manutenção quanto ele e ainda apresenta maior segurança.

Afinal, toda vez que o modem for ligado, o IP será diferente, o que dificulta a invasão de pessoas à sua rede.

Em relação às desvantagens, o IP fixo conta com alguns pontos fracos de segurança, justamente porque os hackers têm tempo suficiente para acessar a rede.

Além disso, a configuração desse IP costuma ser complexa sem a ajuda da configuração manual do ISP.

Quanto à questão financeira, o IP fixo sempre vai ser mais caro que o IP dinâmico, porque é mais raro que ele.

Já em relação ao IP dinâmico, é importante destacar que a maioria deles têm tempo de inatividade prolongado.

Outra desvantagem é que os serviços de geolocalização não são tão precisos quanto os do IP fixo, então podem apresentar dificuldades para apresentar a localização correta.

Aliás, o acesso remoto costuma ser menos seguro. Então, no caso de empresas que utilizam o IP dinâmico, a preferência é por fornecer acesso presencial dos empregados à rede.

Caso você queira instalar um servidor de rede, isso pode ser complicado com o IP dinâmico. Até porque, ao tentar acessar esse servidor, será difícil descobrir qual é o endereço do dispositivo na Internet.

Dessa forma, caso você utilize a Internet para lazer ou trabalho em casa, com poucos dispositivos em acesso à rede, é melhor ter o IP dinâmico.

Já se você é dono de uma empresa ou existem muitas pessoas na sua residência que acessam a Internet, pode ser uma boa alternativa optar pelo IP fixo.

Por isso, cabe a cada um analisar com cuidado o IP fixo e IP dinâmico e optar pelo mais indicado para o seu caso. Além disso, se você é dono de uma empresa e tem um site, não esqueça de também fazer o monitoramento dos servidores. Para isso, conheça o Hosts Green.

201917Jun_Hosts.green_ctablog_v3