Ter um site empresarial se tornou praticamente obrigatório nos dias de hoje. Contudo, o processo de criar um site, blog ou aplicativos web envolve muito mais que o seu design e oferecimento de serviços. Para que você saiba como construir uma página web que traga resultado para o seu empreendimento, você precisa saber o que é host.

Muitos empresários, equivocadamente, não se preocupam com os detalhes que envolvem um site e acabam se frustrando.

Uma página na Internet, hoje em dia, representa muito para uma empresa: é a sua cara, é o seu catálogo de serviços (ou produtos), é por onde ela pode se comunicar com o seu público e por onde o cliente pode entrar em contato com a empresa sempre que necessário.

O site pode ser responsável por construir a sua marca e a fortalecer perante possíveis consumidores e atuais clientes.

Você já imaginou o que tudo isso tem a ver com host? Se você ainda não sabe o que é host, não se preocupe porque hoje iremos te explicar tudo o que você precisa saber sobre esse assunto.

O que é host?

Sem mais delongas, vamos entender de uma vez por todas o que é host.

Host é uma palavra em inglês, cujo significado na nossa língua é hospedeiro. Dentro da área de TI, esse termo corresponde a um computador, ou qualquer outra máquina, que está ligado a uma rede por meio de um endereço IP (Internet Protocol) e um domínio definidos.

Um host tem a responsabilidade de oferecer informações, recursos e serviços aos seus usuários.

A Internet, por exemplo, é um dos serviços de hosts mais utilizados pelos usuários. Você sabia que ela era um serviço de host?

Justamente, o host, como mencionamos, é responsável por disponibilizar diversas informações e realizar conexões para os usuários e, por ser uma máquina que permanece disponível a outras 24h por dia, o host consegue cumprir essa tarefa muito bem.

Quando falamos em sites, os hosts são o que chamamos de servidores de hospedagem.

Esses servidores, por sua vez, são responsáveis por armazenar todas as informações que o site possui e, ainda, de permitir que essas estejam disponíveis e sejam devidamente acessadas.

Um bom serviço de hospedagem, então, deve garantir ao seu cliente que caso algum problema aconteça e o servidor fique fora do ar existirá outro para substituí-lo de imediato. Além disso, um bom serviço também irá realizar o backup dos arquivos presentes no seu site.

Mas para resumir o conceito de o que é host, fique ligado no que vamos te falar logo a seguir.

Um host é uma máquina que faz a conexão com outras e que mantém todos os arquivos de uma página sempre salvos e disponíveis para acesso.

Uma máquina comum não aguentaria, por exemplo, o tráfego de diversas pessoas clicando, simultaneamente, nos arquivos da sua página online.

E não podemos esquecer da necessidade da página permanecer complementa disponíveis 24h por dia, 7 dias na semana.

Essas características fazem que seja necessário o uso de uma máquina preparada para aguentar todo esse tráfego e responsabilidades.

Quais são os tipos de hosts existentes?

Bom, agora que você já entendeu o que é host, podemos falar sobre os tipos de hosts existentes, tendo em vista que essa é um questionamento bem comum dentro desse assunto.

Existem, basicamente, três tipos de hosts: cloud, servidor dedicado e servidor compartilhado. Você já ouviu falar de algum desses? Vamos entender o que cada um significa já já.

201917Jun_Hosts.green_ctablog

Cloud Server

O termo cloud tem sido muito utilizado não somente em ambientes empresariais, mas até mesmo em aspectos pessoais. Ele é a famosa nuvem.

Hoje em dia, é comum vermos pessoas realizando o armazenamento de seus arquivos em nuvem. E isso não é diferente para empresas.

O host em nuvem, o cloud server, é caracterizado pelo processamento virtual de suas aplicações.

Para que você entenda melhor, o armazenamento de dados é feito diversas máquinas que permanecem interligadas e executam as mesmas tarefas.

Esse tipo de servidor é útil pela alta disponibilidade de espaço, fácil acesso e investimento inicial reduzido.

Servidor dedicado

O servidor dedicado é ideal para os sites que possuem um grande tráfego. Esse tipo de servidor é ligado o tempo todo em um link de alta velocidade e, por isso, tão útil para páginas que possuem um alto número de visitantes ou grande quantidade de informações.

Esse servidor dedicado é um computador que te permite acessar dados da mesma forma que  execução de um software remoto.

Servidor compartilhado

O servidor compartilhado funciona de maneira semelhante ao dedicado. Contudo, como seu próprio nome nos indica, um site é hospedado por um grupo de servidores.

Dessa forma, os recursos desses servidores são compartilhados com diferentes sites ou blogs; páginas web de maneira geral.

Esse é um dos tipos de servidores mais utilizados no mundo pelo seu ótimo custo-benefício.

Mas por que monitorar o seu host?

Agora você já entendeu o que é host e já viu os tipos de hosts que você pode escolher para o seu site ou blog, vamos te mostrar por que você deve monitorar o host escolhido.

Bom, não adianta de nada escolher o host ideal para a realidade da sua empresa e depois não realizar monitoramento algum. O monitoramento de hosts é de extrema importância para o seu sucesso.

Realizando o monitoramento do seu site e do seu host, caso ele fique fora do ar, você saberá de imediato.

Pode parecer bobeira, mas sabendo que o seu servidor está fora do ar, você pode tomar uma providência imediata o e solucionar o problema apresentado, sem perder vendas por conta disso..

Como consequência de um monitoramento eficaz, você pode perceber o seguinte:

  • Solução ágil de problemas;
  • Menor downtime e, obviamente, maior uptime;
  • Altas chances de oferecer maior disponibilidade da sua página para o seu público;
  • Maior satisfação por parte das pessoas que acessam o seu conteúdo;
  • Otimização do site e melhoria das suas técnicas SEO;
  • Melhor colocação nos sites de busca como Google, Yahoo! e Mozilla Firefox, por exemplo.

Juntando essas vantagens que citamos acima, podemos concluir que a conversão de oportunidades em vendas fechadas é consideravelmente maior quando o monitoramento do seu host é realizado de maneira eficaz.

No início do nosso artigo, comentamos como muitos erros são realizados por parte de empresários que não se preocupam com o desempenho dos seus sites.

Apenas ter um site e não acompanhar os resultados que o mesmo traz para o seu empreendimento é como um tiro no pé.

Você vai ter investido recursos na criação do seu site, mas dificilmente vai potencializar as chances dele em trazer receita para a sua empresa.

Por esse motivo, agora que você já sabe o que é host, queremos te convidar a conhecer as melhores ferramentas de monitoramento que você pode utilizar. Acesse nosso material sobre o assunto clicando aqui e não deixa de colocar o monitoramento dos seus hosts em prática o mais rápido possível.

201917Jun_Hosts.green_ctablog_v2