Se você é um empreendedor e lida constantemente com recursos de TI, provavelmente já precisou utilizar as credenciais de SMTP para otimizar o envio de e-mails.

Mas será que você domina de fato os conhecimentos sobre esse protocolo? Já pensou em monitorar as credenciais de SMTP usadas em sua empresa? E sabe quais seriam os benefícios desse monitoramento?

Neste artigo, vamos falar sobre esse assunto: explicaremos tudo sobre o protocolo SMTP, como ele funciona e como você pode gerir as credenciais de SMTP dentro de sua empresa.

Vamos começar falando em linhas gerais sobre os protocolos de serviços de mensagem e, em seguida, entraremos especificamente no assunto das credenciais de SMTP.

Achou o assunto complicado? Não se preocupe. Após a leitura deste artigo, vai ficar bem mais fácil a compreensão das razões para monitorar essas credenciais.

Fique atento aos próximos tópicos!

O que são protocolos de serviços de mensagens?

Os protocolos de serviços de mensagens nada mais são do que as normas e orientações do software de rede que possibilitam ao seu computador a conexão a redes de qualquer local.

Por conta da existência deles é que conseguimos manter nossas atividades on-line, cada vez mais necessárias, que vão desde o envio de e-mails até a efetivação de grandes transações.

Os protocolos apresentam uma metodologia a ser utilizada nas duas pontas de um canal de comunicação e têm o objetivo de transmitir as informações de maneira adequada.

Por exemplo, quando trocamos mensagens por e-mail, manejamos um provedor de acesso a um servidor de e-mail. O servidor e o provedor de e-mail, neste caso, trocam informações mutuamente utilizando vários protocolos.

Os protocolos são fundamentais em suas atividades de rede, ainda que lidar com eles não exija nenhum esforço ou preocupação da sua parte, já que eles já vêm incorporados aos software de rede nos computadores.

Sobre o protocolo SMTP

O protocolo SMTP (Simple Mail Transfer Protocol) é aplicado na troca de mensagens por e-mail. Ele surgiu em 1971, com o protocolo da caixa de correio e o programa SNDMSG.

Mas foi a partir de 1980 que se concretizou o Mail Transfer Protocol, com os estudos de Jon Bruce Postel, e até hoje o SMTP é um dos protocolos mais usados no mundo inteiro.

Em português, seu significado seria algo como Protocolo de Transferência de Correio Simples, funcionando na prática como um carteiro.

Você deve estar se perguntando: “se esse protocolo é tão popular na troca de e-mails, porque eu nunca visualizei nada sobre ele enquanto troco mensagens?”.

Para os usuários comuns, ele é mesmo invisível porque o programa de e-mail o utiliza colocando-o em um segundo plano.

Quando se envia um e-mail, por mais que o ato pareça simples, ele passa por um intrincado processo comunicacional até chegar ao seu destino.

Esse processo envolve não só o SMTP, mas também diversos outros protocolos que trabalham conjuntamente.

E para que essa comunicação ocorra, é necessária a atuação do servidor SMTP. Só para lembrar: um servidor é, em resumo, um computador que centraliza a administração de serviços específicos.

Assim, o servidor SMTP é dedicado ao envio de e-mails. Ele transmite as mensagens de e-mail até o seu destino através de diversos saltos.

Quando você envia um e-mail, o seu provedor estabelece uma conexão com o servidor SMTP do seu serviço de e-mail, no caso, do remetente.

Em seguida, o provedor envia o endereço do remetente, o endereço do destinatário e a mensagem.

A partir daí, o servidor SMTP inicia sua busca pelo destinatário e localiza o nome do domínio por meio do ID de e-mail do destinatário.

Cada nome de domínio tem um endereço de web único. Cada um deles corresponde a um IP, que é o endereço de protocolo da Internet.

Por fim, o servidor SMTP estabelece contato com o servidor DNS, onde o registro de nome de domínio se localiza. e o servidor DNS retorna o endereço para o servidor SMTP.

Dessa forma, o servidor SMTP consegue enviar a mensagem para o servidor SMTP do destinatário, que confirma o e-mail de destino e o entrega.

As credenciais de SMTP

Transportando esse processo para o contexto empresarial, é comum a criação de uma conta de e-mail para o envio de mensagens em outros softwares, como, por exemplo, um sistema financeiro ou de tickets.

Na maior parte das vezes, essa conta é utilizada simultaneamente por outra equipe interna, que tem acesso a essa caixa de e-mails.

Com esse acesso compartilhado, pode acontecer que a senha ou as configurações do e-mail sejam alteradas por algum componente da equipe.

A consequência disso seria todos os softwares utilizados para disparar e-mails pararem de cumprir essa tarefa.

A solução para prevenir esse problema é monitorar as credenciais de SMTP. Com esse recurso, você tem o controle de possíveis alterações realizadas nas configurações ou senhas.

As credenciais de SMTP são uma espécie de autorização de acesso ou chave que possibilitam a utilização do SMTP na troca de mensagens.

São elas que permitem a utilização de uma conta de e-mail personalizada tanto por uma equipe interna quanto para disparar e-mails através de outros softwares.

O monitoramento das credenciais de SMTP, portanto, possibilita um maior controle de possíveis mudanças, conscientes ou não, promovidas em sua conta de e-mail.

Esse monitoramento é necessário quando as credenciais de SMTP são diversas e você depende do adequado funcionamento do seu serviço de troca de mensagens via e-mail para a condução dos negócios.

Então, se sua empresa dispara uma alta quantidade de e-mails com frequência, talvez seja a hora de considerar o monitoramento das credenciais de SMTP.

No próximo tópico, vamos te explicar como é possível fazer esse monitoramento.

Como monitorar as credenciais de SMTP?

Se você chegou até aqui, já compreendeu como funciona o protocolo SMTP e suas credenciais.

Caso você esteja cogitando a possibilidade de fazer o monitoramento das credenciais de SMTP, a Hosts Green pode te ajudar.

Essa é uma das funcionalidades do nosso software, que monitora aplicativos web, servidores, URL’s e links com IP’s dinâmicos ou fixos.

Então, se você planeja monitorar suas credenciais de SMTP, que tal experimentar nosso software? Clique aqui e faça o teste gratuito por 15 dias.

Monitore Grátis