Você sabe como a Internet funciona? Hoje em dia, a Internet é muito presente no cotidiano de milhares de pessoas, mas você sabe o que acontece quando você digita o endereço de um site? Como você tem acesso às informações que você deseja ver? Para que tudo isso seja possível e, com apenas uns cliques, você veja vídeos, fotos, reportagens e tudo o mais, é preciso entender uma coisa muito simples: o que é DNS.

DNS é um tipo de servidor muito importante para o funcionamento do site da sua empresa. O DNS é responsável por permitir que um usuário memorize o endereço do site e não uma sequência numérica enorme; que seria correspondente ao endereço IP do site.

Com a leitura de hoje, você saberá o que é DNS, quais são os seus tipos existentes e como ele pode afetar o site da sua empresa.

Fique com a gente para saber tudo o que precisa para esse assunto!

O que é DNS?

DNS é uma sigla que significa Domain Name Server, que em Português significa: Servidor de Nomes de Domínios.

O DNS, como explicitado em seu nome, é um servidor que possui algumas funções muito importantes para o funcionamento de sites e do acesso dos mesmos através da Internet.

Para que você entenda o que é DNS explicaremos suas duas funções principais.

Primeiramente, o DNS faz a relação necessária entre um domínio (www.blog.hosts.green) e um endereço de IP (Ex.: 232.453.675.16).

Cada site possui um endereço IP específico. Para acessar o site, seria necessário saber esse endereço.

O IP é uma sequência numérica grande. Imagine se toda vez que você fosse acessar um site tivesse que digitar, e portanto já ter memorizado, essa sequência numérica.

O servidor DNS é responsável por transformar o domínio do site, aquilo que nós memorizamos, na sequência numérica que representa o IP do site.

Dessa forma, é possível acessar um site sem saber o seu IP, o que facilita o acesso dos usuários às páginas da web.

Assim, tudo o que precisamos saber é a URL do site que, muitas vezes, é curta e fácil de memorização por ter relação com o nome da empresa que você procura.

Essa é a principal função de um DNS, mas não é a única.

O DNS funciona, também, como um banco de dados, limitado, que pode armazenar diferentes tipos de dados. Existem servidores DNS espalhados pelo mundo e, sem eles, a Internet simplesmente não funcionaria.

Um único servidor DNS não é possível para armazenar todos os endereços de IP e domínios existentes. Um único DNS seria inviável por questões de confiabilidade, performance, volume de tráfego e manutenção do banco de dados.

Como o DNS funciona e quais são os seus tipos existentes?

Agora que te mostramos o que é DNS, precisamos te explicar como o DNS funciona. Assim, você pode entender perfeitamente a sua operação e, em sequência, o impacto que ele possui para o site da sua empresa.

Bom, quando buscamos por um site e digitamos o seu domínio no campo de buscas, é realizada uma query (solicitação) por informação.

O servidor DNS, então, irá procurar esse endereço digitado no filehost, um arquivo simples que mapeia hostnames e endereços de IP.

201917Jun_Hosts.green_ctablog

Caso nada seja encontrado no filehost, o DNS irá fazer essa busca em um cache, um componente de software ou hardware responsável por armazenar dados temporariamente.

Se nada for encontrado no cache, uma mensagem de erro é enviada para o usuário.

DNS Recursivo

O DNS Recursivo é o servidor utilizado no caso de solicitações serem enviadas de maneira recorrente sem a obtenção de respostas.

Nessa situação, o DNS irá procurar ajuda de outros servidores para ver se algum é capaz de responder à solicitação.

Podemos entender esse servidor DNS como um sistema que trabalha para que cada pedido de informação seja processado e atendido da melhor maneira.

Root Name Server

O Root DNS Server, como também pode ser chamado, é um tipo de servidor DNS mais alto na hierarquia de servidores.

O que acontece é que o DNS Recursivo entra em contato com o Root DNS para que esse segundo direcione a busca pela informação de maneira específica.

TDL Name Server

Quando buscamos acessar domínios com a extensão .com, estamos falando de extensões de alto escalão dentro da hierarquia de domínios.

O servidor que gerencia todas as informações relativas a um domínio desse escalão é chamado de TDL Name Server.

Name Server Autoritativo

O servidor autoritativo normalmente é aquele que possui todas as informações necessárias daquele domínio que serve.

Saiba como configurar o seu domínio a um DNS específico

Nessa nossa conversa sobre o que é DNS, queremos deixar claro para você que todo domínio precisa estar conectado a um DNS.

Você pode, por exemplo, alterar o DNS que você possui no momento para outro que te ofereça maior agilidade na navegação.

O Namebench é um programa desenvolvido pela Google que faz testes de qual servidor é o mais rápido para a sua máquina.

Ao executar o programa, você deve prestar atenção nos campos de Primary Server e Secondary Server.

Esses campos irão mostrar os endereços de IP preferenciais para uso na sua máquina.

Para alterar as configurações, no Windows, você deve abrir a Central de Rede e Compartilhamento que está disponível no Painel de Controle do seu computador.

Depois, você deve acessar Alterar as Configurações do Adaptador. Logo, você deve ir para Propriedades e, depois, selecione Protocolo TCP/IP Versão 4 e marque a opção de Usar os Seguintes Endereços IP.

Esse é o momento de você colocar os endereços que foram dados pelo Namebench como prioritários para uso. Para finalizar, você deve apenas confirmar as alterações e reiniciar a conexão.

Caso você já saiba qual servidor DNS usar, não há necessidade de usar o programa Namebench e você pode passar direto para o passo a passo das configurações.

Ter o melhor DNS para o seu site é importante para que o mesmo tenha um bom desempenho para os seus usuários.

Um site que apresenta problemas de performance pode aumentar a satisfação de seus clientes e possíveis consumidores, fazendo com que a sua marca seja mais conhecida e apresente melhores resultados de vendas. Aproveita que agora você já sabe o que é DNS, e entenda melhor como funcionam os endereços IP dos sites que usamos diariamente. Clique aqui e saiba mais.

201917Jun_Hosts.green_ctablog_v2