Para se manter competitiva no mercado, é fundamental que a sua empresa adote a infraestrutura de TI, permitindo que os processos sejam aprimorados a fim de entregar o melhor resultado para o cliente.

Ela envolve recursos físicos e virtuais relacionados ao fluxo, armazenamento e processamento de dados, como hardwares, sendo utilizados no suporte dos serviços de TI.

Quer saber mais sobre esse assunto? Então, continue a leitura, pois vamos apresentar detalhes sobre a infraestrutura de TI e os motivos para contratar uma MSP para garantir esse trabalho.

O que é a infraestrutura de TI?

A infraestrutura de TI se refere a qualquer equipamento relacionado à Tecnologia da Informação, como:

  • hardware;
  • software;
  • sistemas operacionais;
  • plataformas de comunicação;
  • plataformas de internet;
  • serviços integrados;
  • aplicativos;
  • plataformas de redes.

Com isso, o objetivo dessa base é promover testes, desenvolvimentos, monitoramento, controle e suporte aos serviços da equipe de TI.

Nesse caso, os profissionais não estão incluídos na infraestrutura, assim como documentos e processos.

É importante destacar que essa base é fundamental para que qualquer serviço de TI seja realizado. Logo, ela é necessária para que a empresa continue funcionando, já que, atualmente, as organizações necessitam direta e indiretamente da tecnologia.

Na sua empresa, você pode centralizar a infraestrutura de TI em um único data center ou descentralizá-lo em diferentes datas centers.

Esses locais funcionam como concentração de rede e equipamentos de computação, possibilitando a coleta, armazenamento, processamento, distribuição ou permissão de acesso a um grande volume de dados.

Atualmente, as organizações preferem utilizar a computação em nuvem para fazer esse armazenamento. Então, em vez de utilizar o computador próprio para isso, a equipe de TI promove o acesso por meio dos servidores host dos provedores de nuvem.

Com isso, o hardware e software estão em locais remotos, que são os data centers, mas só podem ser acessados pelos clientes com a Internet.

Por meio da computação em nuvem, as empresas podem acessar a infraestrutura de TI e todos os serviços relacionados ao data center mediante o pagamento de uma taxa.

Esse é o modelo de infraestrutura como serviços (IaaS). Dessa forma, não precisam instalar os recursos localmente.

Outro exemplo é o Software as a Service (SaaS), que hospeda diferentes componentes, como hardwares, softwares e servidores, permitindo que os clientes utilizem esses recursos ao acessá-los pela hospedagem do provedor.

Por que contratar um MSP?

Como você pôde perceber, gerenciar a infraestrutura de TI pode ser um trabalho complexo e dispendioso. Afinal, ela é capaz de sobrecarregar o time de suporte técnico e ocasionar perdas, prejudicando diretamente a empresa devido à falta de equipamentos funcionando em perfeito estado.

Isso tudo, é claro, resulta na insatisfação do cliente. Portanto, focando em praticidade, eficiência e economia, uma boa opção é contratar um MSP.

Essa sigla significa Managed Service Provider, ou seja, é o serviço terceirizado de TI. Ele possibilita o monitoramento constante de todos os ativos relacionados à infraestrutura de TI, permitindo que os processos sejam feitos com alto desempenho e oferecendo suporte à equipe.

Desse modo, o MSP foca na prevenção de riscos e, assim, evita que a empresa sofra com falhas inesperadas no ambiente tecnológico. Isso porque o serviço envolve a identificação de possíveis ameaças ou problemas antes mesmo que elas venham a acontecer.

Para que você entenda por que essa é uma ótima alternativa para a sua infraestrutura de TI, veja, a seguir, alguns detalhes sobre o MSP.

Como o MSP funciona?

Os serviços gerenciados de TI usam softwares específicos responsáveis pelo monitoramento dos clientes e dos ativos, cuja maioria das atividades é feita remotamente.

Por isso, o sistema monitora a empresa em tempo real, realizando as seguintes tarefas:

  • emissão de relatórios;
  • gerenciamento de patches;
  • automação e criação dos scripts;
  • central de atendimento de serviços integrado;
  • gerenciamento de antivírus;
  • proteção na web;
  • backup e recovery;
  • monitoramento dos dispositivos móveis, da rede, da segurança e das máquinas;
  • alertas de notificações sobre desempenho, disponibilidade, segurança e status do backup;
  • e muito mais.

Quais são as vantagens do MSP?

Mostrando-se como o negócio do futuro, não faltam vantagens relacionadas à utilização do MSP para gerenciamento da infraestrutura de TI da sua empresa.

Afinal, ele permite a redução no número de colaboradores no setor da Tecnologia de Informação, assim como a identificação de serviços que não são realizados eficientemente por eles e, por isso, podem ser passados para o MSP.

Além disso, esse modelo permite que as empresas fiquem atualizadas quanto às inovações tecnológicas do mercado atual, utilizando os serviços mais eficazes de modo seguro.

Sendo assim, caso a sua empresa ainda trabalhe de maneira reativa, o MSP auxilia na adaptação de uma atuação proativa, focando na realização das demandas de modo ágil e garantia da redução de riscos.

Afinal, esse modelo é baseado em ações proativas, colocando-se à frente dos problemas e se mostrando bem superior ao modelo break fix, em que o prestador do serviço age após o surgimento de uma falha, atuando como o apagador de incêndio.

Por isso, o MSP tem se destacado, especialmente entre pequenas e médias empresas que não têm uma equipe completa de TI, por monitorar constantemente falhas e aderir a ações antes que o contratante tenha qualquer tipo de problema.

As empresas que disponibilizam esses serviços podem trabalhar dentro das organizações que as contrataram, bem como realizar tarefas conforme a necessidade e, assim, cobrar pelas horas trabalhadas.

Outra opção é a cobrança de valores fixos por mês de acordo com a contratação de determinados serviços.

Independentemente da escolha, saiba que a sua empresa se beneficiará com o uso de um MSP devido ao alto nível de eficiência e, assim, permitir que os processos sejam otimizados e os seus clientes fiquem mais satisfeitos.

Neste artigo, você descobriu o que é a infraestrutura de TI e por que priorizar o seu bom funcionamento é fundamental para que o seu negócio continue prosperando.

Além disso, viu como o MSP é capaz de aprimorar ainda mais esse cuidado, realizando serviços de ponta para manter a ordem no ambiente tecnológico da sua empresa.

Outro assunto que tem relação com a infraestrutura de TI é a alta disponibilidade, que se refere à capacidade de um sistema em ficar disponível por muito tempo. Para saber mais sobre esse assunto, confira o nosso post!

Monitore Grátis