Devido à pandemia do novo coronavírus, o home office tornou-se uma realidade para diversas empresas brasileiras. Nesse contexto, a segurança digital é uma preocupação, já que em suas casas os colaboradores geralmente não dispõem da mesma infraestrutura de TI que existe nas sedes das organizações.

Ainda que seja uma alternativa promissora, o home office, em muitos casos, precisou ser adotado às pressas em virtude da pandemia. Não houve, assim, um planejamento ligado à segurança digital.

O trabalho remoto tem diversas vantagens, como a de permitir aos colaboradores maior liberdade e aproveitamento do tempo, além das melhorias em sua qualidade de vida.

Por outro lado, é preciso pensar em todos os riscos e precauções relacionados à segurança digital, já que esse é um assunto de fundamental importância para as organizações.

O período de pandemia é sinônimo de situações imprevisíveis para as quais a maior parte dos gestores não se prepararam.

Por isso, não é incomum que existam vulnerabilidades, em maior ou menor grau, relacionadas à segurança digital neste período, nos casos de adoção do home office.

Porém, não é adequado pensar que esse é um período atípico, que logo os colaboradores voltarão a exercer suas funções na sede da empresa e que, portanto, está tudo bem se a empresa estiver sujeita a uma defasagem na segurança digital por um período relativamente curto de tempo.

É justamente nas situações atípicas que as consequências da falta de cuidado com a segurança estão mais propensas a se tornarem palpáveis.

Então, mesmo que você não tenha tido tempo de criar um planejamento de segurança digital para o período de home office antes do início do mesmo, ainda dá tempo de fazer isso.

Neste artigo, vamos dar algumas dicas sobre como manter os padrões de segurança digital trabalhando em home office para que você possa criar seu planejamento e orientar seus colaboradores.

Teste Hosts Green gratuito

Como garantir a segurança digital no home office?

Nos próximos tópicos, você vai ver algumas dicas simples de como cuidar da segurança de sua empresa trabalhando remotamente.

O home office não precisa ser sinônimo de insegurança. Tomando algumas precauções, você pode proteger sua empresa e melhorar o desempenho dos colaboradores nesta nova realidade.

Vamos às dicas.

Mudar e proteger as senhas

Cada rede doméstica tem suas características, mas podemos considerar, de maneira geral, que elas são menos seguras do que as redes corporativas.

Sendo assim, a primeira atitude a ser tomada para garantir a segurança digital quando se inicia sua jornada no home office é escolher senhas fortes e adotar a verificação em duas etapas para todos as atividades on-line.

Se você utiliza senhas muito curtas ou muito antigas, o ideal é trocá-las por sequências com pelo menos 12 dígitos que misturem letras, números e símbolos.

Outra alternativa é utilizar como senha frases bastante longas. Assim, fica mais fácil para você recordá-las e mais difícil para pessoas mal intencionadas terem acesso aos dados da empresa.

Vale sempre lembrar que não se deve anotar senhas em blocos de notas ou papéis.

Se você tem dificuldade para lembrar senhas, pode adotar os chamados cofres digitais, que oferecem aplicativos para smartphones muito funcionais, ou então utilizar o gerenciador de senhas do Google Chrome.

É preciso lembrar ainda de colocar senha em seu computador e, se ele possui leitor de digitais, ativar esta função.

Um bom antivírus é fundamental

Se você é daquelas pessoas que fica adiando a atualização do antivírus, pode tratar de mudar esse hábito.

Um bom antivírus é um dos principais aliados da segurança digital durante o home office. Portanto, faça uma varredura em seu computador antes de começar a trabalhar.

Isso vai tornar suas atividade on-line bem mais seguras. E essa recomendação é duplamente importante se você utiliza o seu computador pessoal para o trabalho.

Ainda que você tenha a seu dispor um computador de última geração e que seja conhecido por oferecer segurança ao usuário, você não pode dispensar o antivírus, pois os sistemas desses computadores são sim alvos dos hackers, principalmente porque os usuários os julgam mais seguros do que realmente são.

Mude a senha do seu roteador

Se vai utilizar o wi fi da sua casa para trabalhar, você precisa ter certeza de que o roteador já não está mais configurado com a senha padrão do fabricante.

O código fornecido pela empresa quando instala sua rede wi fi costuma seguir um padrão amplamente conhecido, o que deixa sua rede extremamente vulnerável a invasões.

A alteração da senha varia de acordo com o modelo e geralmente é feita pelo computador ou pelo celular.

No navegador, você digita o endereço IP do roteador e insere os dados de login para, em seguida, alterar os dados na opção de segurança.

Utilizar uma VPN é uma boa alternativa

A VPN, que pode ser traduzida como Rede Virtual Privada, é uma ferramenta utilizada para criar uma ponte ou túnel que liga diferentes dispositivos via Internet.

Sua utilização é uma ótima alternativa para proteger os dados da empresa quando se trabalha em casa, pois estabelece um contato entre o seu computador e o servidor da organização.

Esse contato é feito através de um túnel que evita o acesso de terceiros às informações trocadas. Ou seja, colabora com a segurança digital da sua empresa.

Além de ser um ótimo componente para a segurança digital organizacional, a VPN é muito funcional quando se pensa na necessidade de acessar da sua casa documentos que ficaram armazenados nos computadores da empresa.

Lembre de atualizar computador e aplicativos

Para contar com os pacotes mais atualizados de segurança, é interessante atualizar seu computador e seus aplicativos antes de iniciar o home office.

O navegador e o pacote Office merecem especial atenção, já que são os mais utilizados.

E se você utiliza uma versão de sistema operacional muito antiga, troque-a por uma mais atualizada. Assim, você poderá contar com o suporte do fabricante.

Esqueça o HD externo e o pendrive

Se você preza pela segurança digital da sua empresa, os pendrives e os HDs externos não são boas alternativas no home office.

Mesmo que você conte com uma rede segura, é muito complicado conseguir se proteger contra um malware que tem acesso total ao seu computador por meio da entrada USB.

Utilize a nuvem

A nuvem é uma grande colaboradora da segurança digital, principalmente quando se pensa nos riscos relacionados à perda de dados ou documentos.

Salve tudo na nuvem e com bastante frequência. Existem serviços gratuitos ou muito baratos que te permitem fazer isso.

Cuidado com o spam

As pessoas mal intencionadas também estão se adaptando ao momento de pandemia e certamente sabem que sua empresa adotou o home office.

Sendo assim, desconfie toda vez que receber alguma solicitação estranha de algum colega de trabalho ou do seu chefe.

As estratégias de spam vão se tornar cada vez mais inteligentes e você tem grandes chances de ser enganado por meio de uma mensagem ou e-mail.

Considerações finais

É natural que haja uma vulnerabilidade maior em um momento de pandemia, o que gera muitas incertezas. Mas você não pode deixar de lado as questões relacionadas à segurança de sua empresa.

A segurança digital é um assunto relevante em todas as circunstâncias, principalmente no home office. E para garantir a eficiência da comunicação dentro da sua equipe, que tal pensar em ferramentas de comunicação adequadas para usar na quarentena? Clique aqui para ler o artigo que produzimos o assunto.

Monitore Grátis