Quem tem um blog ou loja virtual precisa se preocupar com diversos fatores referentes à manutenção da plataforma, como a velocidade do site.

Afinal, se as páginas demorarem muito para carregar, não há usuário que persista em continuar visitando o seu site, não é mesmo?

Já o carregamento rápido melhora a experiência do cliente, além de auxiliar na posição da sua plataforma no ranqueamento em mecanismos de busca.

Por isso, é importante realizar testes a fim de verificar a velocidade do site e, caso o seu site não apresente o resultado ideal, descobrir o que está influenciando na demora. Se você quer ajuda com esse assunto, continue a leitura!

Por que a velocidade do site é importante?

Como dissemos, a velocidade do site é um aspecto crucial na permanência ou não dos visitantes na sua página. Então, se você tem um e-commerce, isso pode resultar diretamente na perda de possíveis vendas.

Afinal, isso faz com que os clientes fiquem insatisfeitos e busquem concorrentes que apresentem uma qualidade superior na manutenção da plataforma.

Além disso, os usuários não irão recomendar a sua empresa para os amigos – ou, pior ainda, irão reclamar dela. Tudo isso causa dificuldades ao angariar e fidelizar clientes.

Outro ponto prejudicial é que o carregamento lento influencia negativamente no SEO da página, que é um conjunto de estratégias voltado para a otimização do site nos mecanismos de busca, como o Google.

Dessa forma, ao ter uma plataforma com velocidade reduzida, o Google deixa de ranqueá-la nas primeiras posições, o que interfere diretamente na presença on-line do seu site.

Como medir a velocidade do site?

Como a velocidade do site é um fator importante na conquista e retenção de clientes, você precisa estar atento à qualidade da sua plataforma.

Atualmente, já existem ferramentas gratuitas que possibilitam a realização da medição da velocidade, como o PageSpeed Insights, criado pelo Google, que serve para medir o tempo de carregamento dos sites tanto no desktop quanto nos dispositivos móveis.

Para isso, basta colocar a URL que deseja analisar, esperar alguns segundos e verificar os resultados.

A ferramenta mostra um número de 0 a 100, que é a avaliação final da velocidade do site. Quanto maior é o número, mais rápido é o carregamento da página.

É possível ver um relatório completo referente ao tempo no desktop e no mobile. Ao final, o PageSpeed Insights ainda oferecer dicas sobre como melhorar o resultado, apontando assim os itens que necessitam de correção.

O teste é rápido, fácil e gratuito, então não precisa ser nenhum expert da computação para realizá-lo.

Já para corrigir os erros que o teste apontar, certamente uma ajuda profissional será bem-vinda, pois eles estão diretamente ligados a aspectos no desenvolvimento do site. Entenda melhor sobre isso a seguir.

Teste Hosts Green gratuito

Como aprimorar o tempo no carregamento das páginas?

Se você está em busca de aumentar as taxas de tráfego e conversão, fazendo crescer também a receita da sua empresa, é fundamental melhorar o tempo do carregamento das páginas, caso o resultado mostrado pelo PageSpeed Insights não tenha sido muito animador.

Para isso, é necessário identificar o que está sendo feito de errado na manutenção do seu site. Veja, logo abaixo, algumas dicas sobre esse assunto.

Otimize as imagens

Imagens grandes e de baixa qualidade influenciam diretamente na velocidade do site. Por isso, preste bastante atenção na seleção das fotografias que você insere.

Caso você use blogs pelo WordPress, saiba que ele oferece plugins que fazem essa otimização. Já em relação às e-commerces, não se esqueça que a presença de fotos é fundamental na tomada de decisão dos compradores.

Existem ferramentas que realizam a compressão das imagens, economizando mais de 50% do tamanho sem afetar drasticamente a qualidade. Então, utilize-as ao seu favor.

Implemente o AMP

Lançado pelo Google, AMP significa Accelerated Mobile Pages, ou seja, realiza a aceleração no carregamento de páginas em dispositivos móveis.

Para isso, o projeto faz a remoção de conteúdos desnecessários, melhorando a experiência do usuário ao mexer no site pelo celular, por exemplo, e não oferece uma formatação avançada.

Ou seja, o AMP fornece uma versão mais simples da sua plataforma, então o usuário consegue navegar com tranquilidade e sem dificuldades quanto à velocidade.

Você pode adotar essa ferramenta por meio de um plugin no WordPress ou modificar o HTML do site.

Tenha um servidor dedicado

Caso você ainda não saiba, contar com um servidor dedicado é fundamental para a manutenção adequada da sua plataforma.

Isso significa que o servidor deve ser otimizado de acordo com a sua utilização na empresa. Portanto, cada caso precisa ser analisado de modo particular.

Com ele, os recursos relacionados ao armazenamento e processamento são usados apenas por um cliente, fortalecendo a qualidade do site.

Isso porque, no servidor compartilhado, é possível que o desempenho no carregamento das suas páginas seja afetado, pois diferentes plataformas utilizam os mesmos recursos. Já no servidor dedicado, isso não acontece.

Por meio dele, você consegue ter mais segurança, não sofre com interrupções porque o número de acessos é alto e ainda é capaz de obter melhores posicionamentos no ranking dos sites de busca.

Conte com a CDN

A CDN (Content Delivery Network), que significa Rede de Distribuição de Conteúdo, é uma ótima aliada para acelerar o carregamento do seu site, pois faz uma otimização da entrega das suas páginas para o usuário acessá-las rapidamente.

Essa rede funciona ao armazenar réplicas das páginas do site no cache e, em seguida, faz a entrega para os visitantes de acordo com a localização deles, conectando-os aos servidores mais próximos e de forma rápida.

Desse modo, a CDN age como o intermediário entre a hospedagem e o servidor.

Ainda existem outras vantagens ao contar com ela, como o bloqueio de ameaças, proteção de dados e melhoria da experiência do usuário.

Existem diferentes empresas que fornecem o serviço de CDN, então escolha aquela que tenha uma grande quantidade de servidores pelo planeta e realize os processos rapidamente.

Percebeu como não é impossível melhorar a velocidade do site? Basta fazer o teste e, após os resultados, aplicar as dicas que citamos neste post. Para melhorar a posição das suas páginas no Google, recomendamos ainda saber mais sobre as técnicas de SEO!