Você certamente já pensou em contratar algum serviço de assinatura pela Internet, seja ele Netflix, Spotify, ou ferramentas voltadas ao seu trabalho, como o Trello ou o Slack. Você sabia que esse modelo de negócio é conhecido como SaaS? Afinal, você sabe o que é SaaS?

Neste artigo vamos te explicar o que é SaaS e como esse tipo de modelo de negócio funciona. O SaaS tem ganhado espaço no mercado ao oferecer diversas vantagens a quem contrata esses serviços.

Ficou interessado? Então continue a leitura!

O que é SaaS?

SaaS é uma abreviação para Software as a Service, em português, Software como Serviço. Quando você usa um SaaS, você está usando software por meio de uma conexão com a Internet, em vez de software instalado localmente.

Hardware e software pertencem a um provedor de serviços e alugam o uso externo de seus produtos. SaaS é um aspecto da computação em nuvem, por definição, uma das maiores áreas de desenvolvimento de negócios.

Outros serviços de computação em nuvem incluem infraestrutura como serviço (IaaS) e plataforma como serviço (PaaS).

Os provedores de e-mail operam de acordo com os princípios de SaaS há anos, oferecendo ferramentas de e-mail por meio de um site, como o gmail, por exemplo.

Outros fornecedores de SaaS bem conhecidos incluem o Slack, a Desk Manager e o WordPress.

Os principais desenvolvedores de software como Microsoft (Office 365) e Adobe (Creative) agora também oferecem versões SaaS de seus serviços.

Como funciona o SaaS?

Com o SaaS, o software é fornecido como um serviço que será utilizado pela Internet. Os usuários criam contas individuais e os custos acumulados são faturados mensalmente ou anualmente.

Os aplicativos não são executados em seu próprio computador, e sim através da sua conexão com a Internet. O provedor é diretamente responsável por fornecer, manter e atualizar os programas.

Os usuários só precisam acessar o software através de um navegador da web. Isso geralmente funciona com qualquer dispositivo habilitado para Internet; tudo que você precisa fazer é acessar a ferramenta com seus dados de login.

Os programas SaaS mais populares incluem aplicativos de gestão de projetos, sistemas de gerenciamento de conteúdo, contabilidade financeira, gerenciamento de arquivos, e-commerce, gestão de relacionamento com clientes (CRM) e planejamento pessoal.

Antigamente, as empresas precisavam instalar vários programas e comprar e gerenciar licenças para elas, o modelo SaaS — muito mais amigável ao cliente — está se tornando cada vez mais popular como substituto.

Vantagens do SaaS

O SaaS está se expandindo como uma solução de nuvem atraente em muitas áreas diferentes, oferecendo muitos benefícios para usuários e empresas.

Algumas pessoas até sabem o que é SaaS mas não entendem as verdadeiras vantagens de se optar por esse modelo de software. Conheça-as a seguir:

  • Facilidade para começar a usar o software: em vez de enviar pacotes de software e emitir licenças, o usuário simplesmente precisa fazer um login online para iniciar as operações;
  • Manutenção garantida pelo fornecedor: acima de tudo, as equipes de TI não precisam se preocupar com instalações de software, licenças, atualizações ou manutenção, assim podem concentrar seus recursos em tarefas mais importantes para a empresa;

201917Jun_Hosts.green_ctablog_v2

  • Fácil integração para novos colaboradores: não é necessário licenciar ou instalar software para novos colaboradores. Criar um novo registro na ferramenta da Web é suficiente para integrá-los, o que é útil, já que eles podem começar seu trabalho imediatamente;
  • Uso de serviços fixos e móveis de diferentes dispositivos: o software não está mais necessariamente ligado a uma estação de trabalho. Com os dados de login, os usuários também podem acessar as ferramentas de dispositivos móveis ou outros sistemas. Isso também torna o conceito de home office consideravelmente mais fácil;
  • Arquitetura de nuvem: a arquitetura de nuvem fornece a todos os usuários os mesmos padrões de segurança. Problemas locais de hardware e software têm menor probabilidade de levar à perda de dados devido ao armazenamento descentralizado de todos os dados em um servidor de nuvem. Além disso, as empresas menores desfrutam dos mesmos padrões de segurança que as empresas maiores;
  • Praticidade nas atualizações: novas funções e atualizações são implementadas e integradas muito mais rapidamente; como o software é executado pelo fornecedor, elas também têm controle total sobre ele. Isso garante que você sempre use a versão mais recente dos serviços;
  • Orientada para o usuário: as empresas não pagam quantias fixas, mas pagam por usuário. As licenças de software costumavam ser muito caras no passado, especialmente para empresas menores. Com as opções de pagamento por usuário, os gastos corporativos podem ser gerenciados com eficiência.

Desvantagens e perigos do SaaS

As desvantagens e possíveis perigos do SaaS são, na maioria, pequenos. O modelo SaaS está se espalhando rapidamente e as pressões competitivas estão melhorando continuamente a segurança e o desempenho dos dados.

No entanto, vale a pena observar as preocupações associadas ao SaaS:

  • Dados compartilhados: mesmo que a operadora alegue oferecer os mais altos níveis de sigilo e segurança de dados protegidos por contrato, os dados confidenciais da empresa não estão de fato em sua posse, mas sim armazenados no lado do operador. Vazamentos de dados, ataques de hackers e outros incidentes que põem em risco sua confidencialidade geralmente estão além do seu controle. No Brasil, a nova lei de proteção de dados (LGPD) regula a proteção de dados e diminui o risco com a contratação de SaaS;
  • Perigo de rescisão de serviço: se o provedor de SaaS for à falência ou for obrigado a descontinuar seu serviço por outros motivos, será impossível continuar usando os serviços e, teoricamente, todos os dados e documentos poderão se perder. No entanto, o SaaS raramente é desativado espontaneamente, e os provedores em questão geralmente dão aos usuários tempo para fazer backup de seus registros e documentos em outros portadores de dados ou servidores. Em alguns casos, um serviço muda para outro, assim os dados podem frequentemente ser transferidos;
  • Requer uma conexão de Internet rápida e consistente: o SaaS funciona online, portanto, uma boa conexão com a Internet é essencial. Muitas operadoras oferecem modos offline que permitem que você trabalhe sem a Internet e sincronize os dados assim que estiver online novamente. No entanto, você precisa de uma conexão constante com a Internet para otimizar o uso do SaaS. Problemas em sua rede podem levar a tempos de carregamento irritantes nas ferramentas da Web, o que pode causar danos econômicos;
  • Risco de software inacabado: como o SaaS não é tradicionalmente produzido e vendido, os fornecedores de SaaS podem se sentir tentados a fornecer seu software em um estágio inicial de desenvolvimento. Isso pode acontecer antes que testes beta extensivos tenham sido realizados ou que recursos importantes tenham sido implementados.

Conclusão

O SaaS é claramente um modelo de negócios que tem ganhado força no mercado, mas os fornecedores de SaaS ainda têm alguns desafios pela frente.

Por um lado, ainda existe uma desconfiança generalizada da computação em nuvem em termos de segurança de dados; é aquele “pézinho” que fica sempre atrás quando falamos de colocar nossos dados na Internet.

Além disso, se os provedores de SaaS quiserem continuar alcançando números crescentes de usuários, o desempenho deve permanecer constante.

Para garantir que os usuários não tenham que esperar por longos períodos de carregamento e acabem recorrendo ao software convencional, os provedores de SaaS devem provar constantemente que seu modelo é tecnicamente estável e, ao mesmo tempo, adaptável às mudanças do futuro.

As vantagens descritas acima devem claramente superar as desvantagens — então, o SaaS poderia se estabelecer como o modelo de software mais vantajoso para as empresas. Agora que você sabe o que é SaaS e como esse modelo funciona, já pensou em contratar aquele serviço que você tanto precisa? Experimente o Hosts Green gratuitamente! Você não paga nada se não gostar. Clique aqui e cadastre-se.

201917Jun_Hosts.green_ctablog