A experiência do usuário (UX) pode ser difícil de entender porque o termo pode assumir várias definições diferentes, mesmo dentro dos estudiosos do termo.

O conceito de experiência do usuário também é usado em muitos setores, como design de produtos, arquitetura, design de software, websites, aplicativos e muito mais.

Os produtos que proporcionam uma excelente experiência do usuário (por exemplo, o iPhone) são projetados não apenas com o consumo ou o uso do produto em mente, mas também com todo o processo de aquisição, propriedade e até mesmo solução de problemas.

Da mesma forma, os designers de UX não se concentram apenas na criação de produtos que podem ser usados; eles se concentram também em outros aspectos da experiência do usuário, como prazer, eficiência e diversão também.

Consequentemente, não há uma definição única de uma boa experiência do usuário. Ao contrário, uma boa experiência do usuário é aquela que atende às necessidades de um usuário específico no contexto específico em que ele ou ela usa o produto.

Mas o que isso tem a ver com o meu site?

O conceito de experiência do usuário (UX) também é muito utilizado em sites, aplicativos e softwares.

A verdade é que, hoje em dia, um site que tem alto tempo de carregamento na página verá seus possíveis visitantes fechando o página antes de conseguirem ver alguma coisa.

Na Era da Internet, a experiência é valiosa e deve ser levada em consideração.

A importância da experiência do usuário surge quando você se encontra projetando e otimizando um website voltado para o seu público.

Se você criar um site que seja feio, difícil de usar e que não ajude seus visitantes a alcançarem seus objetivos, eles vão sair frustrados e, provavelmente, completamente zangados. Afinal de contas, ao projetar um site horrível, você simplesmente perdeu seu tempo.

UX, por outro lado, é sobre criar uma interface digital que funcione exatamente como seus visitantes esperam.

As interações são intuitivas e tão bem projetadas que os usuários nem precisam pensar. Eles apenas tocam, lêem, riscam e interagem até alcançar a conversão. Isso é web design UX em poucas palavras.

Quando se trata de web design, seus visitantes são seus clientes. Portanto, você precisa ter certeza de que seu site exibe todos os elementos e oferece o nível de interação que manterá seus visitantes sempre voltando para mais.

Aqui estão outros conceitos para pensar ao projetar seu site para a máxima experiência do usuário:

201917Jun_Hosts.green_ctablog

Lealdade do consumidor

Se seus visitantes tiverem uma experiência horrível no seu site, eles não voltarão tão cedo. Esse lead perdido poderia se tornar um cliente.

Além disso, você provavelmente enviou esse cliente para os braços da concorrência e perdeu qualquer chance de vender para esse consumidor.

Se seus concorrentes tiverem sites com boas experiência do usuário, você pode apostar que esse lead será perdido para sempre.

Mesmo que o seu site seja mais luxuoso do que o site da concorrência e ofereça muitos recursos, a experiência do usuário é mais importante que os recursos do seu site.

Por outro lado, se seu website impressionar seu público, você começará a gerar lealdade já nas primeiras interações do site.

Quanto mais tempo você mantiver os visitantes no site, mais o Google verá você como uma referência e subirá seu site no ranking de resultados.

Além disso, quanto mais tempo os visitantes ficarem no site, maiores as chances de se tornarem clientes fiéis, o que representa o melhor cenário para o sucesso dos negócios a longo prazo.

Depois, há todas as referências que você receberá dos seus clientes fiéis, que com certeza vão contar sobre sua boa experiência aos seus amigos e familiares.

Taxas de retorno sobre investimento e conversão

Quando a sua experiência de usuário é tão eficaz quanto poderia ser, sua taxa de retorno aumentará.

Isso significa basicamente que você está você investiu no site da sua empresa para torná-lo um favorito do usuário, e agora você está colhendo os frutos com maiores lucros.

Claro, seu sucesso não é medido apenas na receita que adquire. O aprimoramento do UX pode tornar sua jornada de compra mais simplificada, reduzindo o tempo do lead à venda.

Isso, por sua vez, diminui o seu Custo de Aquisição de Clientes (CAC), já que o lead chega ao estágio de tomada de decisão de compra mais rapidamente.

As conversões, no entanto, são a métrica mais importante que um website pode ter, já que esse é o número de leads que se transformou em clientes reais.

Calcule a taxa de conversão do seu site para medir a eficácia do UX do seu website e observe esse número aumentar à medida que você continua a se concentrar em fornecer aos visitantes a melhor experiência do usuário possível.

Eficiência e produtividade

Quando seu UX está no ponto certo, os visitantes podem encontrar o que procuram em seu site com muito mais rapidez e facilidade, contribuindo para menos erros.

Se o seu UX estiver sendo usado para melhorar uma intranet de negócios, por exemplo, manter os processos eficientes ajuda os funcionários a manter os mais altos níveis de produtividade.

Pense nisso em termos de comércio eletrônico. Quanto mais rápido você puder transformar leads em clientes, maiores serão suas chances de ganhar mais vendas a cada dia.

Satisfação do cliente

Pense nos visitantes do seu site como seus clientes que desejam soluções fáceis e agradáveis para seus problemas.

Quando seu site oferece essas soluções de maneira rápida e intuitiva, é mais provável que elas apareçam, fiquem por mais tempo e voltem mais vezes.

Por isso, tudo o que colocar, retirar ou aprimorar no site do seu negócio, faça pensando na experiência do cliente.

A nossa dica para você é fazer testes. Se seu negócio não tiver capital para contratar uma empresa especializada em UX, peça para amigos testarem seu site e deram feedbacks sinceros e diretos, assim você pode estar sempre aprimorando o UX do seu site.

Se você se interessou em entender o que é experiência do usuário é porque quer tornar todo a jornada do cliente mais amigável para o seu público. Por isso preparamos o seguinte conteúdo para você: Otimização de sites: o guia básico sem termos técnicos. Até a próxima!

201917Jun_Hosts.green_ctablog_v2