Você já ouviu falar no Gerenciamento e Monitoramento Remoto? Mais conhecido como RMM (Remote Monitoring and Management), esse software tem aprimorado e muito o trabalho dos profissionais de suporte técnico, demonstrando-se como um integrador de ferramentas.

Por isso, muitas empresas de TI que fazem a terceirização para outras organizações estão aderindo a ele.

Para entender melhor o que é, como funciona e quais são as vantagens do RMM, continue lendo este artigo. Vamos abordar as principais informações sobre o assunto!

O que é RMM e como funciona?

Apresentado como uma plataforma que conta com diversas ferramentas de recursos distintos, o RMM permite que o suporte técnico faça o rastreamento, gerenciamento e monitoramento remoto de terminais para diferentes clientes.

Ele costuma ser utilizado por provedores de serviços gerenciados (MSPs) para oferecer serviços de TI a empresas que terceirizam esse trabalho.

Dentre as tarefas do RMM, destacam-se:

  • controle dos computadores de modo mais otimizado;
  • segurança dos computadores e das redes da empresa;
  • atualização dos softwares;
  • viabilização do acesso remoto;
  • inventário das tarefas feitas pela equipe de suporte.

Dessa forma, o RMM tem duas principais funções: a proatividade e a prevenção. Isso auxilia na identificação de problemas tecnológicos, permitindo que a equipe faça manutenções periódicas.

Para que você entenda como ele funciona, imagine que o terminal principal do MSP encontra scripts de códigos de alguns agentes que estão instalados nos ativos que precisam ser gerenciados.

Então, esses agentes levantam dados relevantes sobre os ativos e envia essas informações para o RMM. Além dessa coleta, o MSP também pode fazer outras atividades, como atualizar sistemas.

Dessa forma, quando algum problema acontece, é gerado um aviso pelo agente instalado, que envia a informação para o RMM e, consequentemente, ao prestador de serviços gerenciados.

Todos os problemas são catalogados em ordem de prioridade, o que ajuda o MSP a decidir as suas soluções de acordo com as urgências.

É importante destacar ainda que os dados são mostrados ao MSP por meio de um dashboard ou relatório, permitindo que seja possível verificar o estado de todos os ativos relacionados ao TI do cliente.

Quais são as vantagens do RMM?

O Mercado de Serviços Gerenciados cresce 9,3% ao ano e a expectativa é que ele atinja US$ 282 bilhões até 2023, segundo a Market and Markets.

Isso significa o monitoramento e gerenciamento remoto apresenta uma tendência de aumentar ainda mais nas empresas de TI. Dessa forma, é fundamental conhecer softwares que auxiliem nesse processo.

Além de ser uma plataforma bem fácil de manusear, o RMM apresenta ainda outras diversas vantagens para quem decide utilizá-lo. Confira algumas delas logo abaixo.

201917Jun_Hosts.green_ctablog_v2

Automação de processos

Se você ainda não iniciou a automação dos processos na sua empresa, saiba que está apenas perdendo tempo.

Afinal, essa já é uma realidade e precisa ser implantada também na sua organização, facilitando e aprimorando o trabalho dos colaboradores.

Isso porque o monitoramento remoto reduz os deslocamentos dos profissionais, então otimiza o tempo de trabalho deles.

Esse fato acontece porque o RMM consegue fazer um monitoramento automático, por isso, mesmo remotamente, consegue detectar alterações nos ativos e enviar alertas sobre eles.

Redução de custos

Por demandar menos deslocamentos e menos colaboradores, o RMM ainda auxilia na redução de custos da empresa.

Isso também permite que o prestador de serviços gerenciados possa ter vários clientes com uma equipe pequena, maximizando assim o seu lucro.

Integração de ferramentas

Uma das maiores vantagens do RMM é contar com uma integração de diversas ferramentas, como, por exemplo:

  • backup;
  • antivírus gerenciado;
  • recuperação;
  • proteção web;
  • segurança contra violação de dados.

Então, as empresas de TI conseguem reunir várias informações sobre o hardware e as aplicações dos clientes, possibilitando um monitoramento, desenvolvimento e proteção tecnológica mais eficiente.

Essas informações ajudam a produzir relatórios sobre os sistemas dos clientes, o que contribui para a resolução de problemas e atualização dos sistemas.

Com isso, os profissionais podem realizar tarefas simultâneas, promovendo também automatização de tarefas de manutenção que foram anteriormente agendadas.

Fornecimento de dados de controle

Por funcionar como uma central de conhecimento, o RMM consegue gerar uma enorme quantidade de dados sobre a área de TI dos clientes e junta todas as informações em relatórios.

Com isso, ao verificar esses relatórios, a equipe consegue identificar em cada cliente quais são os pontos que necessitam de melhoria, por meio de mais investimentos. Isso só é possível por causa dos dados de controle oferecidos pelo RMM.

Maior captação e retenção de clientes

A utilização do RMM é capaz de transformar uma empresa de TI, pois o serviço oferecido aos clientes com a ajuda desse software permite que a equipe consiga ser mais produtiva atendendo a um número maior de clientes.

Além disso, ao conhecer bem a situação da infraestrutura de TI dos usuários, contando com uma visão ampla sobre os ativos e auxiliando em novas em melhorias, a empresa consegue trabalhar em busca de uma retenção de clientes aprimorada.

Garantia da disponibilidade

Com o RMM, caso aconteça algo que tire o site do cliente do ar, por exemplo, a equipe de TI consegue acessar remotamente e resolver o problema antes mesmo de sair do lugar.

Dessa forma, os serviços dos usuários não ficam indisponíveis e, com isso, não sofrem com os prejuízos de um downtime.

Aliás, até mesmo em problemas mais complexos, o MSP consegue fornecer uma atuação mais rápida, impedindo maiores prejuízos e frustrações.

Realização da manutenção proativa

Em vez de focar apenas em solução de problemas que já aconteceram, é possível evitá-los com a ajuda do RMM. Isso porque o monitoramento remoto é um importante aliado na manutenção proativa, que garante o funcionamento adequado dos ativos dos clientes.

Com esse tipo de manutenção, a equipe faz acessos remotos frequentes para analisar diversos casos que julgarem relevantes, rodando também scripts de manutenção.Por isso, o RMM é uma plataforma valiosa para empresas de TI que desejam aumentar a produtividade e cartela de clientes sem perder a qualidade do serviço prestado. Se você deseja saber mais sobre monitoramento de servidores, veja este artigo sobre o assunto!

201917Jun_Hosts.green_ctablog_v3